sexta-feira, julho 27, 2007

Raízes de Ardósia

Como publicado, realizou-se no passado dia 21 o lançamento do livro “Raízes de Ardósia” do nosso conterrâneo Laureano Soares. O evento decorreu no Salão Paroquial/Casa do Povo, com um bom número de presenças.

A Poetisa Adelaide Vilela abriu o evento, fazendo um resumo do percurso de vida do autor, de uma forma em que intercalou momentos de alegria com outros de intensa emoção, que faziam espreitar as lágrimas, no autor e na assistência.



Seguiram-se a leitura do prefácio do livro, pela nossa famel e as palavras emocionadas e de agradecimento do Poeta.

O fim de tarde seguiu, com crianças, jovens e jovens mais crescidos a oferecerem ao Poeta, em jeito de homenagem e boas-vindas, uma apresentação de poesias (destaco aqui a Joana, que nos brindou com um poema original seu – Será a próxima?), musicalmente acompanhada pelo Tiago e sua flauta.




Por fim, o “Porto de Honra”, que não teve Porto, mas teve várias iguarias, onde as filhós, broa e queijo “corno” não faltaram.

Como nota final, referir que ficou no ar o desejo que outros eventos semelhantes ocorram por cá. E um obrigada ao poeta Laureano, por ter tido a coragem de ser pioneiro.

20 comentários:

Serranita disse...

A foto das 3 meninas que tb foram ler e estão em falta no post, ficou muito tremida. Se alguém tiver uma que queira ceder para completar...

famel disse...

Obrigada pela reportagem serranita, és a nossa reporter q nc falha.

Pc mais a acrescentar ao q a serranita descreveu, apenas um grd agradecimento a tds os q colaboraram, principalmente aos mais novos. E os meus sinceros parab´nes à joana e ao fernando paulo pela sensibilidade q demonstram nestas coisas da poesia...

Anónimo disse...

Alguem me explica quem é o Sr Laureano. É da familia de quem?

Mina disse...

Olá amigos do blog.E sobralenses.
Parabéns poeta Laureano, e um grande bem-haja por ter escolhido a sua terra natal para deixar aos seus arquivos e suas gentes uma obra, em que um ser humano, com o dom da escrita, se expressa, de uma das maneiras mais belas, que é através da poesia.
Estou de acordo com o anónimo, que desconhece quem é o Laureano. Devia ser feita, como introdução, a apresentação do Autor. Certamente não foi feita para que, quem comprar o livro ter maior surpresa do seu percurso de vida, que irá deliciar quem o ler. Eu também não conheço o autor, não é da minha geração "cinquentões",no entanto, sei que é um grande sobralense e estou ansiosa por ler o seu livro.Também sou fã da poesia e dos poetas do meu povo. Por isso não me levem a mal, que aqui faça também uma pequema homenagem ao poeta, Polícia Beirão, meu primo Tó, que também ele nos deixou algumas obras de poesia. A ele dedico este verso singelo.

Montes e vales subi
Nas serras cantarei eu
Cantando peço por ti
Que me ouçam lá no céu

Agradeço também a todos os conterrâneos que já dedicaram ao Sobral algumas obras, que muito nos orgulhamos de ter lido e guardado como tesouros.
Hoje, em especial para o poeta Laureano as maiores felicidades.

Serranita disse...

mina, um breve percurso da vida do autor já foi feito noutro post de 24 de Abril de 2007.Sim, no livro tem mais pormenores.

anónimo, o Sr.Laureano nasceu no Sobral, em 1940. É filho de José Geraldes Soares e Maria Braz da Silva (já falecidos). Outros parentescos não sei dizer, mas concerteza alguém poderá dar umas dicas.

Bom fim de semana!

virgilio neves disse...

Embora já tenha em Junho lido alguns poemas do livro na versão Francesa que lá tem a Susete, estou ansioso por adquirir e ler o livro todo.
Gostei muito do que li e fiquei até surpreendido. Sente-se que o Laureano é um grande poeta.
SE ainda não gostasse de poesia, tenho a certeza que a partir de agora passaria a gostar.
FEZ muito bem em colocar na versão francesa do Canadá -Quebec, alguns poemas em português.
GOSTARIA de dar um forte abraço de parabens ao Laureano, espero que esse dia chegue.

Mariita disse...

Só resta dizer parabéns e muitas felicidades ao autor.
Onde se pode comprar o livro?

G Santos disse...

Segundo a GENEALL
aqui vão alguns dados da família (com a confusão de localidades de quem lá colocou os dados):
" José Geraldes Soares nasc.
* Covilhã, Casegas 09.12.1903 + Covilhã, Sobral de Casegas 10.05.1946
Casamentos

Maria Braz da Silva * 12.01.1907

Filhos

* Maria Braz da Silva * 07.05.1929
* José Braz Geraldes * 17.03.1931
* Ascençâo da Silva Soares
* Imitério Braz Geraldes * 08.03.1934
* Laureano da Silva Soares * 12.01.1940
* António da Silva Soares * 15.06.1946 "

Para lá das confusões aqui deixo o meu louvor pela obra que que revela o seu amor às suas origens e que continue publicando seus sonhos.
De um antigo vizinho (morava uns 50 metros abaixo no Barreiro)
G Santos

G Santos disse...

Segundo a GENEALL
aqui vão alguns dados da família (com a confusão de localidades de quem lá colocou os dados):
" José Geraldes Soares nasc.
* Covilhã, Casegas 09.12.1903 + Covilhã, Sobral de Casegas 10.05.1946
Casamentos

Maria Braz da Silva * 12.01.1907

Filhos

* Maria Braz da Silva * 07.05.1929
* José Braz Geraldes * 17.03.1931
* Ascençâo da Silva Soares
* Imitério Braz Geraldes * 08.03.1934
* Laureano da Silva Soares * 12.01.1940
* António da Silva Soares * 15.06.1946 "

Para lá das confusões aqui deixo o meu louvor pela obra que que revela o seu amor às suas origens e que continue publicando seus sonhos.
De um antigo vizinho (morava uns 50 metros abaixo no Barreiro)
G Santos

GS disse...

Ainda a tempo
Maria Braz da Silva era filha de
Francisco Braz da Silva e Ana Gonçalves dos Santos

famel disse...

A mãe do Sr. Laureano era conhecida c "Tia Geraldes", tinha um burrito e era muito querida. Eu ainda me lembro dela, se não estou em erro foi uma das estreantes do centro de dia.

Relativamente ao meu primo e poeta "Policia Beirão", também ele já foi homenageado no blog:

http://sobraldesaomiguel.blogspot.com/2006/09/homenagem-um-sobralense_11.htm

É muito bom saber q os sobralenses continuam a ser lembrados.

Aproveito para homenagear todos os q nc esqueceram o Sobral e usaram as suas raízes para construir as suas obras.

Serranita disse...

mariita, o autor estará pelo Sobral até á 2ª semana de Agosto, se passar por lá, ele tem exemplares para venda.

Anónimo disse...

Assim está bem... Era filho da Tiá Geraldes que morava por cima dos estendedouros que há junto ao salão paroquial, até tinha uns capoeiros por cima da casa do ti ze sobreiro.

Anónimo disse...

Com muita pena minha, não tive conhecimento deste evento especial na terra em que vivo. Como mina, também eu quero homenagear aqui o meu tio Tó, Polícia Beirão, do qual guardo muitas boas recordações e conheço todos os seus livros!

Mariita disse...

Ok serranita, obrigada.

famel disse...

Nos correios os livros já esgotaram, tv seja mais facil falar directamente com o sr. laureano p ele lhe disponibilizar algum.

famel disse...

devemos também agradecer ao Tiago que tocou flauta no acompanhamento e que foram recitados os poemas e foi também muito importante na organização do evento.

o segurança do evento disse...

obrigadinho pelos vistos nao estava so a fazer figura de segurança pessoal do evento. ha que continuar com este tipo de iniciativas e reconhecer merito a todos os que se empenham em melhorar o nivel cultural de uma população com as caracteristicas da nossa (isto ajuda o sobral a evoluir...)

Anónimo disse...

Concordo plenamente. Todos nos gostamos das festas de Verão, mas estes pequenos eventos sempre dão uma lufada de ar fresco cultural.
Obrigado e continuem com boas ideias.

Serranita disse...

Pedido de desculpas ao Tiago. Ao passar do rascunho ao "post" saltei uma frase. Mas já tá correcto:)