sexta-feira, julho 21, 2006

"Rabiscos" pelos montes


Quem anda a passear pelas encostas do Açor pode dar de caras com algumas gravuras interessantes e curiosas.
Os podomorfos são os motivos mais abundantes na arte rupestre da nossa zona. Contudo podemos encontrar esta variante de pé "picotado" e pé "do aladino" (como eu gosto de lhe chamar), ao subirmos a nossa serra.
Muitos de nós já ouviram dizer aos nossos avós, que quando eram pastores desenhavam aqui e ali umas coisas. Pois bem, muitas vezes desenhavam motivos que tinham visto anteriormente em outros locais e é por isso que podemos encontrar em locais diferentes, gravuras com o mesmo desenho, mas técnicas de execução distintas. Chamamos a isto um fenómeno de imitação, que na serra do Açor acontecia com muita frequência, pois estes montes eram local de passagem de muitas gentes. Portanto existem gravuras por estes lados que podem ser bem "velhinhas", mas ao mesmo tempo outras muito "jovens"....
Tento explicar tudo isto de forma simples possivel para que todos possamos conhecer e entender o legado dos nossos antepassados...

Prometo mais...

11 comentários:

Sobralfilho disse...

Daqui dos Montes Crestados digo: Finalmente temos um blog.
Querendo poderá ser um ponto de encontro de todos os Sobralenses.
Falando de gravuras, eu enquanto pastor também deixei os contornos
dos meus pés desenhados com um seixo na Pedra do Sapato, lá p’ras
bandas da marrada(?) a caminho do Tarrastal. Essa pedra penso
que foi destruída quando se alargou o referido caminho.
Acredito que há ou terá havido gravuras antigas, nas fragas do espaço
geográfico do Sobral, mas que provavelmente terão desaparecido
quando os nossos antepassados precisaram de pedra para fazer os chães.
E bem! Daqui vos saúdo a todos principalmente ao António Paiva, que não responde aos meus e-mails (no Luxemburgo)
e ao António Soares (no Canadá) do qual não sei notícias há + de 30 anos
Cumprimentos

Serranita disse...

Espero mais...

atumnespereira disse...

Olá vizinhos!
Uma vez que nos calhou em sorte (Casegas, Sobral e Erada), este tesouro, porque não juntar-mo-nos para em conjunto o explorar-mos com caminhadas passeios exposições, etc. Porque não nos juntamos todos (o que parece difícil, mas até talvêz não), formamos uma associação, cuja finalidade seja o estudo divulgação e aproveitamento desse bém que são as gravuras. Uma Associação consegue ajudas que não passam pelas Câmaras ou Juntas e que podem ser muito úteis às três freguesias sortudas do Concelho da Covilhã. Estou disponível para uma coisa dessas.

famel disse...

concordo plenamente :)

Asno disse...

Também eu! Mas começamos por onde?

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

Anónimo disse...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»

Anónimo disse...

Excellent, love it! » » »

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP »