sexta-feira, novembro 23, 2007

"Oferta" da amiga Mariita

Ainda não chegou o Natal mas a amiga Mariita já nos deu a prenda...como ela diz "(...)além das castanhas, que tal também oferecer uns medronhos à malta? Madurinhos e fresquinhos são uma maravilha....
Nem só de aguardente vive o homem!!!"
Medronheiro

"Frutos ainda com falta de côr"


"Até parecem cerejas"


"Prontos a comer"

"Barrocas a perder de vista"



E eu sei que há por aí alguns que não dizem que não...
Fotos de mariita

19 comentários:

virgilio neves disse...

mariita, lindas fotos para dar cor a este Outono.Parece que foram tiradas nas Barrocas de muro porque se vê o barroco da Tejosa/Penedão.
Quanto aos medronhos é da pouca "fruta" que eu não gosto. Depois que apanhei uma bebedeira de medronhos em pequeno. Agora uma bela jarra com um braçado de ervedeiros num centro de mesa, eu aprecio.Já carreguei muitos do Sobral ...
Também a m/ mãe dizia que carregou comigo na barriga ao mesmo tempo que apanhava e carregava cestos de medronhos. outros tempos... NO meu Valminhoto tinha medronheiros que davam carradas de medronhos... parabéns pelas fotos e pela partilha.

Anónimo disse...

quem deu autoriza�o prara tirar fotos aos meus medronhos? n�o sabem tirar fotos aos deles, � preciso tirar aos meus? parece que tenho de me chatear a s�rio

Mariita disse...

É certo Virgilio, as fotos foram tiradas nas Barrocas do Muro, onde, da palheira onde eu dormia com a minha avó, no Verão, se desfruta uma paisagem que eu adoro.

Anónimo... teus os medronhos?!
Admira-me como ainda os não tinhas apanhado!

Anónimo disse...

Ó anónimo invejoso, tu não sabes que os medronhos sem malhões não têm dono? Se queres que te guardem respeito aos medronhos vai lá pôr um malhão.

Valis disse...

Ó Senhor Anónimo: Bossa Inxelência ja arregistou a posse das ditas Barrocas do Muro na Conserbatória da Cobilhã? Em que carago de Notário fez a scritptura do 'capião'? E stá a pagar a déçma? Complete lá a scrita, home dum raio. Nom tenha medo...

Anónimo disse...

eu não os apanho porque não quero. e pra responder ao valis, tenho aquilo que é meu registado. quanto ao outro anónimo, se eu souber quem és, e tiveres o teu carro sem malhoes, tambem não vou guardar respeito

Anónimo disse...

Tanto que v�m estes tristes para aqui meterem-se nos assuntos dos outros e ainda julgam que mandam. se querem mandar, que mandem naquilo que � vosso e deixem as minhas coisas em paz. se eu n�o quero apanhar os medronhos, n�o apanho e voc�s n�o t�m nada a haver com isso. INVEJOSOS DE MERDA

silence disse...

Comentários rafeiros e sem nexo... .Infelizes mutantes, assim não alcançaréis o reino dos céus!'...

Valis disse...

Ó Senhor Anónimo: O Senhor só pode star equibocado. Lá prá serra inda há muntos medronheiros. Os seus, lá os terá. Ninguém lhos quer nem lhos inbeja. Mas estes, c'os sês ohos aqui bêem, nom são seus, nom, pode ter a certeza. Por isso nom se amofine, ranilhas o partam. Inda lhe dá um sopro no coração e despois é que nom há nada a fazer. Sorte tem Bocê c'o Ti Manel Lopes já lá stá, na terra da berdade, senão bem o tinha à perna!

virgilio neves disse...

parece que este blog já não pode publicar umas inocentes e singelas fotografias ó mariita!!!

famel disse...

Ainda n ouvi o medronheiro queixar-se lol no fim de semana vou ao penedão dar uma volta e aproveito p fzr um pequena entrevista ao sr. medronheiro. Se o sr. medronheiro responder e disser q n concordou c as fotos fazemos a devida vénia :) Concordam?

naifas disse...

Oh anónimo tens umas piadas muito giras! O que têm os teus medronheiros assim de tão diferente dos outros para conseguires distingui-los no meio do matagal? Matagal onde todos os outros medronheiros em todos os outros sitios de encontram!
Já deves foi ter bebido umas aguardentezitas de medronho a mais.

Serranita disse...

Isto tá lindo está:) Lá pelas Áfricas há tribos que acreditam que quando se tira uma foto a uma pessoa se está a roubar-lhe a alma.Neste caso, não me parece que o medronheiro tenha alma, nem que a foto roube alguma coisa...

Lob´s disse...

...! É evidente que o anonimo mais "açanhado", o tal dito proprietário dos medronhos, está na reinação!. E todos os demais que intervieram mais a sério,foram levados... Isto é o que eu decifro nas entrelinhas! Mas se por acaso assim não foi, e também eu fui enganado é porque o "falso" proprietário julga ter o rei na barriga! Mas mais vale ter o sabor de uma "medronhosa, bem saborosa", do que a ganância de pensar ter medronhos sem medronheiros!!!

Valis disse...

A hipótese que o lob's coloca não é despicienda. Mas, por mim, o auto-proclamado proprietário dos medronheiros e seus frutos, parece pensar que, mesmo que fossem dele, devem estar protegidos por uma espécie de «direito de imagem» e que, por isso, para além de umas «bocas foleiras», se pode arrogar o direito de deixar a ameaça velada de sentar a Mariita no banco dos réus e de lhe exigir pesada indemnização por violação de tal direito. Só por isso saí à liça, ou não nos corresse nas veias o mesmo sangue! Em todo o caso, não posso deixar de congratular-me por tão grande «interactividade» que as fotos dos medronheiros, por acaso lindas, aqui provocaram!

Mariita disse...

Não sei que vos diga... estou comovida!
A todos os que "saltaram" em minha defesa, especialmente ao meu irmão, que não é muito "dado" a estas coisas, muito obrigada.
Apenas posso garantir que ainda conheço muito bem as minhas Barrocas do Muro e as fotos são mesmo de lá.
Cuidado Virgilio com as próximas fotos que tirares!
Adorei o bom humor da Famel, do Naifas, e a observação pertinente da Serranita.
Provavelmente, como diz o Lob's isto não passou de reinação do anónimo. Não andavam para ai a dizer que o blogue estava "desanimado"!!!

Anónimo disse...

Alguem me explica o que é um malhão...

virgilio neves disse...

No dicionário Sobralense - letra M de OUT./2006 diz que malhão é um feixe de palha que se atava aos pinheiros para marcar uma testada.
Agora acrescento que esse "sinal" também aparecia noutra versão feito com trapos ou plásticos... (brancos ou vermelhos para se ver melhor ).Para nós,pastores, era sempre um aviso que aquele terreno ou propriedade "tinha dono" e estava sob vigilância. Por isso tinhamos que evitar de deixar o gado invadi-lo.MESMO QUE FOSSE CORTAR MATO OU APANHAR LENHA.
Se o malhão estivesse numa árvore de fruto era a avisar que era proíbido tocar na fruta...AO contrário do Eden em que tudo era do pai Adão...lol
Conclusão: Qualquer analfabeto sabia "ler" um sinal de propriedade privada.

Anónimo disse...

MEDRONHOS.

Gosto de medronhos. Todas as recordações que tenho de menina, pois a minha mãe apanhava-os, quando íamos para a Tijosa (Titjoza)tento revivê-las e transmiti-las a meu neto (11 nos). É um companheirão. Curioso. Quer saber tudo o que vivi.
Como tal, sempre que chega a época, eis-me a caminho onde possa haver medronheiros.
às vezes ficamos com um sabor não muito bom na boca .... Mas é maravilhoso poder reviver ...