segunda-feira, novembro 17, 2008

Directamente do Canadá

As fotos de hoje chegam-nos directamente do Canadá e foram enviadas pelo nosso leitor Fernando Pereira. O Fernando gostaria de ter enviado algumas fotos do Verão, que segundo ele tem paisagens igualmente bonitas, mas como no Verão nunca há muito tempo ele enviou fotos do Outono.

Este bando de Gansos decidiu fazer-lhes companhia durante uns dias que ficaram lá pelas propriedades

O Fernando que já nos enviou fotos dos animais de estimação, desta vez enviou fotos dos "inimigos" que fizeram estragos por lá e como diz o Fernando "eu sei que há alguns que não gostam de ver animais mortos, mas aqui é necessário abater uns para proteger outros"

Nesta foto vemos um racundo que andava a comer os ovos da capoeira


e aqui dois coyotes que comeram uma ovelha e dois cabritos


E como caçador que é o Fernando enviou-nos foto de duas fêmas de veado de rabo preto que caçou no dia 3 de Novembro. Pelos visto a caça aos machos só abriu hoje dia 17.

24 comentários:

Anónimo disse...

É para admirar! onde estão os famosos protectores dos animais? Será que estão com o frio?

naifas disse...

Se estão com frio esperemos que não estejam a usar uns casacos de pele.
Eu também não gosto muito de ver animais mortos. Prefiro ver os gansos bem bonitos no lago. Que sorte tem o Fernando em viver no meio da natureza.
Não tarda muitos dias chegará a neve, certo?

Anónimo disse...

Obrigada Fernando pelas fotografias e, por me teres feito recordar.
Em 2002 fui ao Canadá. Visitei vários locais, mas há um que jamais esquecerei - As Quedas de Niagara Falls. É impressionante!...
Tanta beleza...
Por acaso, já conheces?
Maria Ideias

sobralfilho disse...

Ó Fernando Pereira,

Nos tempos em que andavas pelo Fojo e pelo Valminhoto, só havia perdizes, coelhos e por vezes lá se via uma raposita! Hoje, nem isso...
Por esses lados,é uma farturinha desses bicharocos que pelos vistos te fazem a vida negra...

Anónimo disse...

se alguns caçadores do sobral se apanhaçem ali a caçar nem tinhao tempo de carragar a arma ....

naifas disse...

Sinceramente duvido que os caçadores não sintam peso na consciência depois de olharem para esta ultima foto. Se não lhes custa ver é porque não têm coração.
No caso do Fernando é contraditório ver que apesar de matar alguns animais, sabe admirar outros.

naifas disse...

Epa é que sempre que abro o blogue dá-me pena ver estes veados a olhar para mim. E eu até nem costumo ser muito sensivel nestas coisas, nem tenho nada contra a caça.
Os caçadores que por aqui passam que nos digam se lhes custa ou não ver.

famel disse...

A imagem por acaso faz-me lembrar a matança do porco, agoniava-me toda ouvir o porco a berrar e depois ficavam aqueles olhos grandes e bem abertos a olhar para nós...ai que agonia só de me lembrar!

virgilio neves disse...

...mas a morcela e a fritada já sabiam bem, não era Famel? lol lol
Fernando, cuida-te lá bem do colesterol para festejarmos os 60,70,80 e mais...se Deus quizer.
-não tens por aí na tua arca um salmãozito defumado para me enviar pó Natal?
eu pago a encomenda no destino. deve ser melhor que o da Noruega, Irlanda e Islândia.
Abraços e beijos para a família.

c.s.pinto disse...

para um bom caçador caça é caça !!

famel disse...

Eu lido com caçadores desde sempre e há uma coisa que sempre me fez muita confusão. Como pode um caçador demonstrar tanto amor por um cão e sofrer muito quando o vê morrer, e não sentir o minimo de remorsos quando mata outro animal qualquer?
Para mim esta contradição é muito inquietante...

Anónimo disse...

O instinto da sobrevivência. Famel!

O homem desde os tempos remotos teve que caçar, pescar... até esse dia em que descobriu o fogo e a cultura, (cultivar os cereais e legumes.)

Tento imaginar um pouco, esses tempos longinquos quando o homem para sobreviver teve que subjugar, domesticar certos animais para seu auxilio e ajuda.

O cao, o gato, a cabra, o boi etc. etc. todos esses animais foram domesticados, e assim, o homem os foi utilisando cada dia para a sua sobrevivência e auxilio.

Caçar... onde a caça existe e é permitida, considero que é natural para o homem.
Tudo isso, entretanto, no maximo respeito pela fauna e pela natureza.

Anónimo disse...

É...o Fernando tem muita sorte em viver no meio da natureza, a natureza é que não tem sorte nenhuma em tê-lo por perto...

Mariita disse...

Fernando, as fotos estão lindíssimas, obrigada por partilha-las.
Para quem é mais sensível à caça, que pense nos bons bifes de veado e aqui vai a receita!

Ingredientes:
500 grs de lombo de veado
4 dentes de alho
sal q.b.
gindungo q.b.
1 folha de louro
2 colheres de sopa de azeite
100 grs de banha
1 limão

Confecção:
Cortam-se bifes um pouco altos.
Temperam-se com gindungo, sal e os dentes de alho picados.
Leva-se ao lume numa frigideira as gorduras e a folha de louro. Deixa-se fervilhar um pouco.
Fritam-se os bifes dos dois lados.
Adiciona-se o sumo de limão. Tapa-se a frigideira e deixa-se fritar mais um pouco.
Sirva imediatamente acompanhado com batatas fritas ou arroz de ervilhas.
E bom apetite!

fétera disse...

Uma vez vi um video sobre os maus tratos dos animais nos matadouros e ia morrendo de tanto chorar e soluçar. Perdi logo a vontade de comer carne e foi um passo até me tornar vegetariana.
Mas não tenho nada contra a caça, só não me peçam para olhar para estes animais mortos e ficar indiferente aos mesmos.

famel disse...

Tb passei por essa fase dps de ver esse video e tb o video dosmaus tratos aos cães na China, mas só andei unsdias sem comer carne! Acho q nc conseguiria ser vegetariana.

Fernando Pereira disse...

Tambem eu perfiro ver um coiote dos novos a brincar com um rato ou outra peca de caca, que ter que os abater.desde que os casacos de pele deixarao de vender ninguem se dedica a colheita das peles o resultado a populacao aumenta entao alguns tem que atacar animais domesticos. alguns sao abatidos envenenados e amaior parte adoecem e morren uma morte lenta, menge.A dona Maria tem boms gostos, eu ainda nao me deu para vesitar Niagara falls embora em 1996 trabalhei na area atravessei a ponte vi o vapor da agua mas ainda nao fiz uma vesita oficial.Vergilio salmao nao tenho so se forem ums bifes defumados.Mariita ja expermentei a receita os convidados derao os complementes to the chef,muinto boa obrigada.Eu tambem fui vegetariano a fatia de carne salgada que era cosida com os feijoe nao dava para todos

Anónimo disse...

Mariita:
Também sabes cozinhar?
Que mais surpresas tens tu para partilhar.
Parabéns pela receita.
Maria Ideias

Mariita disse...

Pois, que remédio... dá-se um jeito! Ficaria mal na família se não tivesse herdado uma porçãozita do talento da minha avó Cândida e da minha mãe, cozinheiras de mão cheia, que muitos casamentos "aprimoraram"!

famel disse...

Umas aulas de culinária já me davam uma ajuda...eu bem tento, mas acho que realmente não nasci para a cozinha. E nos ultimos anos está cada vez pior, cozinho mas só qd tem mm que ser. Mas gostava de saber cozinhar melhor, não herdei essa veia da minha mãe.

Anónimo disse...

Famel eu comi algumas vezes na tua casa de estudante e nessa altura cozinhavas bem! Andas a perder o jeito é?

mariita disse...

Afinal quem diz a verdade... o anónimo ou tu Famel?
Não te desmereças por que cada um tem o seu dom mais numa coisa que na outra e cozinhar tb se vai praticando, fazendo e provando até chegar ao "ponto"!

famel disse...

Pois eu acho que o problema foi mesmo deixar de praticar. Não dá para tudo...quando se trabalha muito fora depois em casa só se quer é descansar.

Anónimo disse...

E se alguém fizesse isso com vc, acho que vc ia gostar né?