segunda-feira, novembro 10, 2008

Sólo Fértil III

Directamente do quintal da nossa leitora Adélia Pinto chega-nos a foto de mais uma grande couve que cresceu lá para os lados do barreiro.







Segundo a Adélia, estas couves que "já deram para fazer alguns caldos de feijões com couves", podem medir-se pelas marcas do pilar, os quais medem 50 cm cada. Ora vejamos, se cada marca tem 50 cm já podemos ver que a maior das couves é realmente gigante se comparada com as couves que estamos habituados a ver nos nossos quintais!


Esperemos que o nosso sólo continue assim tão fértil e dele cresçam mais couves ou outro qualquer vegetal.

6 comentários:

naifas disse...

O problema destas couves é que devem ficar um bocado rijas, mas não deixa de ser um belo exemplar. Ou então são os ares da serra e os leçois de água que vem de carvalho

Mariita disse...

O sítio é: solarengo, abrigado e água não deve faltar, por isso não admira que assim cresçam!

Anónimo disse...

estas cuves dá pra plantar no quintal e colher da janela do 2º andar.

Anónimo disse...

Grande couve... Foi pena, ter ficado apenas con folhas no cimo.
Se calhar, é normal.
Maria Ideias

Anónimo disse...

As folhas de couve vão sendo cortadas à medida que a couve vai crescendo. Tudo de aproveita.

famel disse...

Estranho...mas a esta hora (24h30) o que agora marchava era mesmo uns feijões com couves!