terça-feira, dezembro 09, 2008

60º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Faz hoje 60 anos que foi proclamada, na Assembleia Geral das Nações Unidas, a Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Transcrevo-a para reflexão e para nos envergonharmos do quão pouco fizemos nestas seis décadas para as cumprir.


I - Os Homens nascem e permanecem livres e iguais em direitos; as distinções sociais não podem ser baseadas senão na utilidade comum.
II - O objectivo de toda a associação política é a conservação dos direitos naturais e imprescritíveis do homem; esses direitos são a liberdade, a propriedade, a segurança e a resistência à opressão.
III - O princípio de toda soberania reside essencialmente na nação; nenhuma corporação, nenhum indivíduo pode exercer autoridade que dela não emane expressamente.
IV - A liberdade consiste em poder fazer tudo aquilo que não prejudique a outrem. Assim, o exercício dos direitos naturais de cada homem não tem outros limites senão os que assegurem aos outros membros da sociedade o gozo desses mesmos direitos; esses limites não podem ser determinados senão pela lei.
V - A lei não tem senão o direito de proibir as acções prejudiciais à sociedade. Tudo o que não seja proibido pela lei não pode ser impedido e ninguém pode ser obrigado a fazer o que ela não ordene.
VI - A lei é a expressão da vontade geral; todos os cidadãos têm direito de concorrer pessoalmente ou por seus representantes à sua elaboração; ela deve ser a mesma para todos, seja protegendo, seja punindo. Todos os cidadãos, sendo iguais diante dela, são igualmente admissíveis a todas as dignidades, lugares e empregos públicos, segundo sua capacidade e sem outras distinções que as de suas virtudes e talentos.
VII - Ninguém pode ser acusado, detido nem conservado preso, senão nos casos determinados pela lei e segundo as formas por ela prescritas. Aqueles que solicitarem, expedirem, executarem ou fizerem executar ordens arbitrárias devem ser punidos; mas todo o cidadão convocado ou detido em virtude da lei deve obedecer prontamente; ele se toma culpado pela resistência.
VIII - A lei não deve estabelecer senão as penas estrita e evidentemente necessárias e ninguém pode ser punido senão em virtude de uma lei elaborada e promulgada anteriormente ao delito e legalmente aplicada.
IX - Sendo todo homem considerado inocente até que seja declarado culpado, se for preciso prendê-lo, todo o rigor desnecessário para consegui-lo deve ser severamente reprimido.
X - Ninguém deve ser molestado por causa de suas opiniões, mesmo religiosas, desde que a sua manifestação não perturbe a ordem pública estabelecida pela lei.
XI - A livre manifestação dos pensamentos e opiniões é um dos direitos mais preciosos do homem; todo o cidadão pode, portanto, falar, escrever, imprimir livremente, sob condição de responder pelo abuso dessa liberdade nos casos determinados pela lei.
XII - A garantia dos direitos do homem e do cidadão necessita de uma força pública; essa força é assim instituída para o benefício de todos e não para a utilidade particular daqueles a quem ela é confiada.
XIII - Para a manutenção da força pública e despesas de administração, uma contribuição comum é indispensável; ela deve ser repartida entre todos os cidadãos, segundo suas possibilidades.
XIV - Os cidadãos têm direito de verificar por si mesmos ou pelos seus representantes a necessidade da contribuição pública, admiti-la livremente, acompanhar-lhe o emprego e determinar-lhe o total, a sua repartição, cobrança e duração.
XV - A sociedade tem o direito de pedir a todo o agente público contas da sua administração.
XVI - Não possui constituição toda a sociedade na qual a garantia dos direitos não esteja assegurada nem determinada a separação dos poderes.
XVII - Sendo a propriedade um direito inviolável e sagrado, ninguém pode ser privado da mesma, a não ser quando a necessidade pública, legalmente verificada, o exigir evidentemente e sob a condição de uma justa e prévia indemnização.

3 comentários:

freamunde allez disse...

Excelente blog, parabens!

Tive a oportunidade de visitar Sobral de São Miguel há algum tempo atrás. Estive aí em trabalho durante 3 dias e deu para conhecer a vossa lindissima aldeia.
Aconselho toda a gente a passar por aí...vale a pena!

SAUDAÇÕES FREAMUNDENSES!

www.freamundeallez.blogspot.com

Anónimo disse...

Concordo com o que freamunde allez diz.
Repito, é muito bom espreitar este blogue.
As pessoas que são menos atentas, quando entram no blogue,e, com pouco esforço, apenas lendo,ficam com uma visão daquilo que realmente é importante.
Maria Ideias

Anónimo disse...

看房子,買房子,建商自售,自售,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,美髮儀器,美髮,儀器,髮型,EMBA,MBA,學位,EMBA,專業認證,認證課程,博士學位,DBA,PHD,在職進修,碩士學位,推廣教育,DBA,進修課程,碩士學位,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,廣告,課程介紹,學分班,文憑,牛樟芝,段木,牛樟菇,日式料理, 台北居酒屋,燒肉,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,住宿,訂房,HOTEL,飯店,造型系列,學位,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,SEO,婚宴,捷運,學區,美髮,儀器,髮型,牛樟芝,腦磷脂,磷脂絲胺酸,看房子,買房子,建商自售,自售,房子,捷運,學區,台北新成屋,台北豪宅,新成屋,豪宅,學位,碩士學位,進修,在職進修, 課程,教育,學位,證照,mba,文憑,學分班,網路廣告,關鍵字廣告,關鍵字,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,关键词,网络广告,关键词广告,SEO,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,台北住宿,國內訂房,台北HOTEL,台北婚宴,飯店優惠,住宿,訂房,HOTEL,飯店,婚宴,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,台北結婚,婚宴場地,推車飲茶,港式點心,尾牙春酒,居酒屋,燒烤,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,美髮,儀器,髮型,小套房,小套房,進修,在職進修,留學,證照,MBA,EMBA,留學,MBA,EMBA,留學,進修,在職進修,牛樟芝,段木,牛樟菇,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,住宿,民宿,飯宿,旅遊,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,進修,在職進修,MBA,EMBA,住宿,民宿,飯店,旅遊,美容,美髮,整形,造型,設計,室內設計,裝潢,房地產,進修,在職進修,MBA,EMBA,關鍵字排名,網路行銷,关键词排名,网络营销,網路行銷,關鍵字排名,关键词排名,网络营销,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲,羅志祥,周杰倫,五月天,蔡依林,林志玲