terça-feira, dezembro 09, 2008

Xisto e Ardósia pelo Moka

Está na moda o Xisto e Ardósia no Blogue, nada de estranho, não fosse o nosso Sobral terra deles! E já é sabido que há por aí muitos "artistas" no que toca a arte de criar belas miniaturas!
Sempre defendi que o xisto e ardósia são muito mais do que uma pedra para construir casas, paredes e calçadas!
Não obstante a sua importância nessas construções, penso que é uma matéria prima de valor acrescentado e que poderia ser explorado no Sobral numa vertente mais virada para o artesanato! Gostava eu de ter jeito para estas coisas giras...

Fica então um exemplo de miniaturas enviadas pelo nosso leitor "Moka".



"Construções em Xisto"

"Há cerca de três/quatro anos, tive a ideia de trazer de uma pedreira Sobralense para o Barreiro, alguns pedaços de xisto. Após vários meses de árduo trabalho e alguns tubos de cola gastos, dei por concluída a obra."

12 comentários:

naifas disse...

Só surpresas! Pelos vistos há muito boa gente no Sobral que faz destas maravilhas com meia duzia de pedras! Sim senhor está um trabalho bem engraçado.

De certeza que esta malta "brincou muito às casinhas" quando eram míudos!

Parabéns moka

Anónimo disse...

Que catita, até tem direito a porquinhos!
Já agora os porquinhos não vêm da Irlanda pois não?

Rui Peixeiro disse...

Muito bonitas!!!

Mas, aproveito para colocar umas dúvidas, visto por aqui haver intendidos na matéria...


Como cortam as pedras e como conseguem que fiquem mais "pretas", como estão as do telhado e as das bases?


Ando a tentar fazer umas casitas em xisto para o meu presépio, mas ao tentar cortar as pedrinhas, estas "lascam-se" sempre, ficando demasiado fininhas.

Entretanto vou fazendo uns relógios, que ficariam mais bonitos se tivessem aquela cor mais escura e brilhante dessas pedras...


Será que me podem dar umas dicas para as fazer a tempo do Natal?


Um obrigado a todos.
Boas construções!

Anónimo disse...

Tens que vir ao sobral compralas

célia disse...

Muito giro!!!

Adorei!!

moka disse...

Olá Rui Peixeiro!

As pedras utilizadas na construção, vieram da pedreira já com aquela espessura, utilizei um serrote de cortar ferro e bastantes laminas, para as cortar no comprimento desejado. No que diz respeito à cor, tratasse do preto natural do xisto. Sei que estes retalhos de xisto, são o resto de um lote de telhas que estava a ser preparado, para ser exportado para a construção civil na Suiça, talvez por essa razão o lote seja mais negro que o comum.

famel disse...

Rui nesse campo não posso ajudar-te, eu cá não sou dada a estas artes.
Mas conheço quem também faça relógios com ardósia. Posso tentar saber pormenores.
Ou então sempre podes fazer uma visita ao Sobral, nas pedreiras talvez te consigam dar melhores dicas.
Também podes ir ao Ferrolho e pedir ao David (proprietário) para te ajudar na tua tarefa, ele tem jeito nessas coisas e tem lá umas casinhas bem bonitas.

Rui Peixeiro disse...

Muito obrigado pelas respostas dadas.

Eu tenho por cá algumas pedras com cerca de 1cm de espessura, que vou apanhando pelo monte, "só" me falta mesmo é cortar em tijolinhos...

Vou tentar com uma serra de ferro novamente. Eu já tinha testado esta abordagem, mas para além de muito lenta, desgasta a lamina depressa. Tentei com serra "tico-tico" e com rebarbadora com disco de corte fino.

Se a melhor forma for mesmo a serra de ferro, acho que não vou a tempo deste natal. O que vale é que para o ano há mais!!!

Anónimo disse...

Mas que bonito, Moka.!
Que pena tenho eu, de não ter essa criatividade e esse jeito.
Parabéns
Maria Ideias

Serranita disse...

Grande Moka!:) É só artistas :)

fétera disse...

Está um conjunto bonito e deve ter dado muito trabalho. Mas está com ar muito perfeitinho, falta-lhe ali um bocadito de barro e uma pedras mais irregulares. Até o xisto dá para utilizar de diferentes maneiras nas construções

virgilio neves disse...

Também gostei moka! Parabéns.