sábado, outubro 28, 2006

Mais Letra M... do livro do Prof. Daniel

Matchorro - Conjunto, muitos pinheiros / árvores juntas
Malaú - Despenteado, com cabelo grande
Malhadiço - teimoso
Malhão - feixe de palha que se atava nos pinhoeiros para marcar uma testada
Malina - doença, mal
Manoja - punhado de folha ou feno apertado numa mão, paveia
Mãozada - cumprimento, (passo bem)
Maquia (levar a) - levar porrada
Marrafa - penteado com franja para a testa e carreiro
Marrão - vinho ordinário, que faz doer a cabeça, estudante do (empinanço)
Marreco - pato, corcunda
Martelão - cabeçudo, pouco esperto, cabeça grande
Martola - cabeça, tola
Matéria - pus, águadilha
Mecheiro - rastilho de bomba
Melena - barbas de milho, cabelo comprido
Merçó - moela
Messagra - dobradiça
Messeira - pedreira
Miau - bolo untado com mel dado nas malhas
Migadura - mão cheia (couves)
Milheira - diz-se da pedra granítica
Minaral - nome do volfrâmio peneirado na ribeira de Cebola
Minguar - diminiur
Mirrado - seco, magro
Miudeiro - armadilha de rede em forma de cone para apanhar peixe
Moafa - careta
Moina - boémia, farra
Moinha - resíduo miudo do milho
Moio - medida de 60 alqueires
Molas - indivíduo que não pára
Molhada - mão cheia, braçado, tudo ao monte
Molina - chuva miudinha
Mona - cabeça
Morquelo - desajeitado
Mortório - funeral, falecimento
Mouxão - melga, mosquito cuja picada empola
Musguenho - pessoa confusa

e mais letra M da minha pesquisa:

Manadeiro - homem que ia vender porcos ao Sobral
Maior-de-todos - o dedo médio
Mata-piolhos - o dedo polegar
Mangar - gozar
Mandonguiçe - preguiça
Manilha - a carta 7 nalguns jogos de cartas
Mão - lanço inteiro que se joga de cada vez se dão cartas, demão
Mãos-atadas - pessoa acanhada
Mão (ter) - segurar
Mão (ter mão em) - ter autoridade sobre alguém
Mincheia - mão-cheia ou punhado
Maravalho - graveto, apara de madeira
Maré - ocasião
Marmelo - peito de mulher, teta
Marosca - mentira
Marrano - porco de engorda já crescido
Mata-ratos - cigarro feito de tabaco ordinário
Matutar - meditar
Medrança - tumor na pele dos animais onde se cria um bicho negro
Mingengra - ave da família das Parídias, também conhecido por chapim real
Melindrado - ofendido
Melúria - preguiça
Mercar - comprar
Meruges - planta aquática que se apanhava nas levadas para dar aos porcos
Merujar - chuviscar
Miga - espécie de açorda
Milhã - erva que nasce no meio dos milhos
Miola - miolo da broa
Miúde (damiúde) - repetidas vezes, frequentemente
Moega - certa peça do moínho
Moer - derrear com pancada, cançar com trabalho
Moganga - variedade de abóbora
Moita carrasco - interjeição que indica que não se obteve resposta
Moleira - a abóboda do crânio
Molhadura - rodada de copos que se pagava nas tabernas para comemorar qualquer facto ou ocorrência
Morgado - filho único
Mouco - surdo


14 comentários:

lau disse...

Então,e MIJAR?-Urinar

F Sobreiro disse...

MOLHA,nunca apanhaste a guardar as mochas no val minhoto?

Serranita disse...

Parece-me que a letra M é a campeã das letras!:-)

famel disse...

Matumbina(O) - nome usado pela malta + jovem p chamar alguém

Asno disse...

Isso de matumbina não era uma coisa qualquer de novela brasileira com escrevos?

Este Daniel Santos, não é um que andou aqui a estudar no colégio de Casegas? Alguém me sabe dizer?

VIRGILIO NEVES disse...

Asno o prof. Daniel dos Santos, tem 68 anos. Foi m/ prof.(e de muitos sobralenses)de 1963/67.
Foi muitos anos Presidente da Junta.

virgilio neves disse...

Grandes molhas F. Sobreiro...

Serranita é MesMo Muito M...

Famel, queremos palavras antigas, senão estamos na Multi-Média

virgilio neves disse...

Em Moer apareceu cançado c/ Ç ...É que eu já estava cansado

Asno disse...

Hmmmm, então deixa cá fazer a localização temporal...
Há cerca de 30 anos existia em Casegas um pequeno colégio particular, que alguns apelidavam de "Mosca" e outros de "Gralhas".
Foi fundado em 53/54. Do sobral andou lá o Daniel Santos, o Delfim e Manuel,José Rodrigues e o Tarcisio Neves (teu primo?)

Gabriel Santos disse...

Sim, nesse colégio, fundado pelo prof Faustino, andaram muitos do Sobral, entre eles o prof. Daniel
G Santos

Asno disse...

E a seguir entrou o Pe Nicolau, então é isso mesmo. Obrigado!

Mariita disse...

Recordo mais alguns M de palavras usadas no Sobral que me pareceu não estarem nesta apresentação.
MAFARRICO - Demónio; criança traquina;
MANGANÃO - Que brinca ou troça;
MARIOLA - Malandro; velhaco;
MATRAFONA - Mulher "mal azada"; boneca de trapos;
MOUREJAR - Trabalhar de sol a sol;

Mariita disse...

Mais uma que me veio à ideia:
MATRAFICIOS - Ferramentas de trabalho, brinquedos;

teresanibal disse...

"Mosca-morta"-passonsa;"moira"-escrava;"murcão"-trombudo.Isto stá cada vez melhor. Obrigada.