segunda-feira, dezembro 11, 2006

"Eu ainda sou do tempo..." (Nuno Marques)




"Eu ainda sou do tempo, em que nevava no Sobral e ficavamos 2 dias sem poder ir para o Paul ter aulas, esta claro que ninguém ficava em casa, cada um com o seu saquinho de plástico (das vindimas) e lá iamos todos fazer "sku", uns na estrada da capela outros da porta do Charles para baixo. Bons tempos..."

6 comentários:

mana_bryts disse...

bons tempos!!!!!!!!
ainda me lembro dos sermoes da minha mae por chegar-mos( eu, o mano bryts e marina)todos molhados a casa de tanto fazer sku pela "ribanceira a baixo", foram bons tempos k ja nao voltam.
Podemos sempre combinar com a malta e ir fazer sku pa serra da estrela, nao é a mesma coisa mas...
beijos!!!!!

nuno marques disse...

Bem Susete, não podia haver melhor pessoa pra representar o blog da nossa terra, comentei, por acaso aqueles dias bens passados e tu conseguiste arranjar logo fotos pra todos nós recordarmos como eram as nossas aventuras na neve e como relembra e muito bem a mana-bryts, depois da brincadeira vinha sempre o acompanhado sermão que era do géreno "hoje já mudaste sei lá quantas vezes de roupa". Obrigado pelo teu grande trabalho, continua assim...

famel disse...

E as batalhas de neve no campo da bola...faziamos muralhas do tamanho de um castelo!
Grandes dias de nevões!
Ainda me lembro de ouvir pai a acordar a casa toda a gritar "perdeste o autocarro para a escola, anda cá ve-lo a passar" e qd chegava à janela........UAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU k tudo branquinho!

Mariita disse...

Há diferença de gerações, mas não se perdeu o espírito...
Pode ser que este ano se renovem as
brincadeiras, se vier tanta neve como
já veio chuva, a coisa promete!
Certamente os mais novos e alguns
graúdos...iriam delirar, com:
se cá nevasse, fazia-se cá ski!
Ou mesmo "sku", não faz mal nenhum!

Moka disse...

São magnificas estas fotos, tenho pena de nunca ter visto neve no sobral.
Pode ser que um dia, tenha a sorte de encontrar o Sobral branquinho, nessa altura também me vou divertir com a neve.

Fétera disse...

Grandes nevões presenciei durante a minha infãncia e juventude. Chato era quando ficavam uns na brincadeira e eu tinha que ir dar comida às cabras! Caminhar na neve era muito duro, mas as vistas que se tinham das várias propriedades do Sobral eram magnificas!!!